Blog Aqui vamos conversar, refletir e de certa forma conviver.

​A nossa esperança

Ao meio dia, fui a uma manifestação do movimento internacional de lavradores pela segurança alimentar. No meio de uma feira livre, perto da Estação Midi de Bruxelas, havia um grupo que não era grande. Eles chamavam a atenção das pessoas fazendo gestos de tai chi chuan e outros carregavam cartazes sobre segurança alimentar. Pediram-me para tomar o microfone e falar. Falei menos de um minuto, apenas dizendo que sou brasileiro e que tinha alegria de estar ali com gente de vários países propondo um mundo novo e diferente. Sei que éramos poucos e que alguém de fora podia até achar ridículo aquela pequena porção de pessoas fazendo uma manifestação, mas nós estávamos unidos/as a muitas manifestações que nestes dias estão acontecendo em muitas cidades de todo o mundo. Deixemos que eles pensem que isso é bobagem e não vai ter consequências. Quando menos esperarem, alguma coisa de mais profunda mudará. Grandes mudanças no mundo aconteceram assim, a partir das bases e de pequenos gestos. É nossa esperança e ela vem da nossa capacidade de crer e amar a vida, os outros e todos os seres vivos. 

Marcelo Barros

Camaragibe, Pernambuco, Brazil

Sou monge beneditino, chamado a trabalhar pela unidade das Igrejas e das tradições religiosas. Adoro os movimentos populares e especialmente o MST. Gosto de escrever e de me comunicar.

Informações

contato@marcelobarros.com