Blog Aqui vamos conversar, refletir e de certa forma conviver.

A bruxaria nossa de cada dia

Nos países do norte e mesmo na sociedade nossa já influenciada pela cultura norte-americana, ontem foi o Hallowen, "o dia das bruxas". Aqui no Brasil, em algumas regiões se tornou o dia do saci. Na Vila Esperança, em Goiás, nesses dias, há uma festa chamada Sacizada, na qual eu gostaria de estar. Ontem também li que em Paranapiacaba, interior de São Paulo, centenas de bruxas se encontraram como fazem a cada ano. Elas não viajam mais de vassouras voadoras e nem se reúnem para transformar gente em sapo ou vice-versa. São bruxas modernas, muitas delas sacerdotisas da religião da Wicca e a preocupação delas é com o meio ambiente e com a sustentabilidade da terra. Uma vez participei de um encontro dessas bruxas e gostei. E aprendi que todos nós temos um feiticeiro ou feiticeira dentro de nós mesmos e é possível despertar essa magia interior para encantar o mundo com amor e com uma nova forma de conviver na terra. 

Marcelo Barros

Camaragibe, Pernambuco, Brazil

Sou monge beneditino, chamado a trabalhar pela unidade das Igrejas e das tradições religiosas. Adoro os movimentos populares e especialmente o MST. Gosto de escrever e de me comunicar.

Informações

contato@marcelobarros.com