Blog Aqui vamos conversar, refletir e de certa forma conviver.

Celebrar São João hoje

Queridos irmãos e irmãs, 

O evangelho no qual o anjo Gabriel anuncia a Zacarias o nascimento de João Batista diz que Isabel, velha e estéril iria engravidar. “Ela vai dar a luz a um filho e você lhe dará o nome de João – (em  hebraico, Johanân significa Deus dá graça). Com o seu nascimento, muitos se alegrarão. 

Hoje lemos o evangelho do nascimento de João, no qual a palavra que mais aparece é alegria. Isabel se alegrou pela compaixão de Deus que lhe abriu o útero e deu a ela velha e estéril a possibilidade de dar à luz. O pai Zacarias de alegrou porque estava mudo e, naquele dia, de repente, abriu a boca e começou a falar. E a notícia de que um casal de velhos teve um filho se espalhou e o povo se alegrou porque aquela criança representava o sinal de que a própria esterilidade do mundo tinha fim e passava a ser possível recomeçar tudo de novo. Esta alegria messiânica é a alegria de ver realizada a promessa divina e de que o nascimento de João inaugura os tempos novos da vinda do Cristo. 

Vamos hoje reviver em nós esta alegria e retomar o cântico de ação de graças que, conforme o evangelho, Zacarias, o pai de João Batista, cantou no dia do nascimento de João: 

(Na linha que tenho trabalhado de atualizar a letra dos salmos e  cânticos bíblicos para tirá-los do aprisionamento à cultura judaica e permitir que quem não está familiarizado com a linguagem bíblica possa aproveitar a mensagem profética do cântico, eu traduzi o Benedictus assim). 

Bendito seja Deus que é Amor e visita e liberta o seu povo. 

Faz sempre surgir para nós a salvação, assim como tinha prometido. 

Suas entranhas de amor se comoveram 

ao ver que nossos antepassados foram escravizados,

Então, como quem engravida uma mulher estéril, 

O amor divino nos prometeu que seria possível viver

De acordo com a justiça e o amor formando uma aliança de vida

Entre nós, com a natureza e com Deus, durante toda a nossa vida. 

E tu menino (João Batista) serás profeta, testemunha desta promessa, 

Porque irás na frente de Jesus para lhe preparar o caminho

Sempre e em todos os tempos do mundo em que o projeto de Jesus 

Precisar se realizar, tu serás sempre o precursor 

E a festa do teu nascimento deve lembrar isso ao mundo. 

Esta festa deve recordar ao povo que Deus é sempre amor que liberta, 

E como o sol nascente que pela manhã vem expulsar a escuridão do mundo, 

O amor nos visita sempre de novo para nos trazer a paz da sua aliança

E unir a humanidade, a mãe Terra no coração de Deus. 

Que neste dia, possamos ser, cada um/uma de nós este novo sinal de que Deus nos dá sempre a graça como o sol de manhã cedo nunca deixa de visitar o mundo com sua energia de vida e salvação. 

Marcelo Barros

Camaragibe, Pernambuco, Brazil

Sou monge beneditino, chamado a trabalhar pela unidade das Igrejas e das tradições religiosas. Adoro os movimentos populares e especialmente o MST. Gosto de escrever e de me comunicar.

Informações

contato@marcelobarros.com