Blog Aqui vamos conversar, refletir e de certa forma conviver.

Conversa, quarta feira, 03 de agosto 2016

Desde 1994 conheço Letícia Sabatella e posso dizer que me tornei amigo dela, o que para mim é um privilégio. Além da beleza natural e solar que nela chama a atenção, seus olhos brilham de amor pela humanidade. Esse amor a fez sempre procurar uma espiritualidade profunda e uma espiritualidade inserida que se expressa também na solidariedade aos excluídos e, por isso, o apoio inteligente e sensível aos movimentos sociais e na busca por um novo mundo possível. 

Essa sua opção, Letícia vive na forma de escolher os papéis que representa e a forma como vive sua carreira artística. Letícia tem uma forte liderança nos meios artísticos. Ela deu visibilidade e se tornou coordenadora do Movimento dos/as Artistas pelos Direitos Humanos. Esteve muito presente em nossa luta pela defesa do rio São Francisco. É amiga do MST e nesse ano se destacou pela defesa da Democracia. No momento atual, está sendo atacada por isso de forma muito injusta e violenta. 

Nesse momento, convido vocês a nos unirmos a essa irmã, amiga e companheira, na solidariedade às causas que ela e todos nós defendemos. Atacar Letícia Sabatella é atacar a nós todos/as. E é importante que ela sinta nosso carinho e nossa comunhão. 

Na eucaristia que liga nossa vida à Páscoa de Jesus, coloco a vida de Letícia e sua missão artística e sócio-política. Deus a abençoe e a fortaleça sempre na sua profecia, nessa hora do Brasil, muito urgente e importante.

Marcelo Barros

Camaragibe, Pernambuco, Brazil

Sou monge beneditino, chamado a trabalhar pela unidade das Igrejas e das tradições religiosas. Adoro os movimentos populares e especialmente o MST. Gosto de escrever e de me comunicar.

Informações

contato@marcelobarros.com