Blog Aqui vamos conversar, refletir e de certa forma conviver.

​Conversa, quarta feira, 28 de março 2012

Comblin

Ontem há um ano partia do nosso meio o padre José Comblin. Foi meu primeiro professor de Teologia e se manteve meu mestre e orientador até o final da vida. Há um ano, eu tinha acabado de ser operado de uma cirurgia cardíaca grave em Olinda e soube que ele tinha partido de repente, tranquila e discretamente, como havia vivido. Quando o visitei pela primeira vez em Serra Redonda, PB, onde, na época coordenava o Seminário Rural para formar padres lavradores simples e do meio do povo, fiquei impressionado de ver no quarto em que morava, todas as paredes cobertas de livros seus. Eram tantos e em tantas línguas que seria impossível contar. Escrevia desde 1958 e escrevia quase sem parar. Mas, o mais importante não foi o que escreveu. Foi sua vida, seu testemunho de inserção no meio dos mais pobres e sua liberdade de criticar as estruturas eclesiásticas e trabalhar para transformar o mundo. Que no aniversário de sua passagem, colhamos a herança de sua profecia e possamos vivê-la. 

Marcelo Barros

Camaragibe, Pernambuco, Brazil

Sou monge beneditino, chamado a trabalhar pela unidade das Igrejas e das tradições religiosas. Adoro os movimentos populares e especialmente o MST. Gosto de escrever e de me comunicar.

Informações

contato@marcelobarros.com