Blog Aqui vamos conversar, refletir e de certa forma conviver.

Conversa, quinta feira, 03 de março 2016

De volta ao Recife. Acabo de receber a notícia do assassinato da líder indígena Berta Caceres, coordenadora de uma organização indígena em Honduras. Alguém entrou na casa dela no meio dessa noite e atirou a queima-roupa. Foi encontrada morta. É mais uma entre tantas lideranças indígenas assassinadas na América Latina. E diante disso, nos sentimos impotentes e até omissos pelo fato de que continuamos a votar em governos que, em nome do lucro e do chamado desenvolvimento ou como se diz no Brasil, aceleração do crescimento, têm sistematicamente ignorado e deixado à mingua os povos indígenas. Na América Latina, com exceção da Bolívia onde os indios têm um protagonismo fundamental no caminho social do povo e na Venezuela onde o bolivarianismo procura se inserir nas culturas indígenas, em todo o continente, continuamos com uma política colonizadora e racista, mais disfarçada ou menos.

Lembro-me de uma antiga canção de Mercedes Sosa nos anos 70: Dale tu mano al indio, dale que te hará bien....

Marcelo Barros

Camaragibe, Pernambuco, Brazil

Sou monge beneditino, chamado a trabalhar pela unidade das Igrejas e das tradições religiosas. Adoro os movimentos populares e especialmente o MST. Gosto de escrever e de me comunicar.

Informações

contato@marcelobarros.com