Blog Aqui vamos conversar, refletir e de certa forma conviver.

Conversa, sábado, 10 de setembro 2016

Città di Castello é uma pequena cidade medieval, cercada de muros antigos e com monumentos históricos ainda do tempo dos romanos. Fica na Úmbria, (centro-nordeste da Itália) a poucos quilômetros da Assis de São Francisco. Nesse final de semana, uma organização social local que se chama "Altrapagina" (Uma página diferente) realiza o seu congresso anual que é internacional e reúne pessoas de todo o país. Nesse ano, o tema é "Como reagir à idolatria do Mercado". Hoje, pela manhã, a conversa dos mais de cem participantes foi com Serge Latouche, o economista francês que começou o movimento pelo Decrescimento (portanto contra o Desenvolvimento Capitalista) e à tarde, falou o filósofo italiano Roberto Mancini sobre como o Capitalismo destrói a Democracia e a própria Política no sentido original do termo. Amanhã, esperam que eu ocupe a manhã toda, na primeira parte com uma palestra sobre as perspectivas a partir dos pobres e na segunda parte um diálogo aberto com a plateia. Aceito esse tipo de desafio porque me sinto profundamente ligado a essa busca e quero que me sintam junto com eles, mas não porque tenha alguma resposta definitiva ou alguma proposta fechada. Temos de dialogar muito mais e nos juntar com os movimentos e organizações sociais de todo o mundo para encontrarmos uma saída. Certamente depende de nós, sim e o paradigma indígena do Bem Viver pode nos orientar e ajudar muito nesse caminho. Mas, principalmente nossa capacidade de sair de nós mesmos, superar o individualismo doentio da sociedade atual e viver o amor solidário que é nossa vocação maior e espiritual. 

Marcelo Barros

Camaragibe, Pernambuco, Brazil

Sou monge beneditino, chamado a trabalhar pela unidade das Igrejas e das tradições religiosas. Adoro os movimentos populares e especialmente o MST. Gosto de escrever e de me comunicar.

Informações

contato@marcelobarros.com