Blog Aqui vamos conversar, refletir e de certa forma conviver.

Meditação bíblica, sábado, 07 de julho 2012

Queridos irmãos e irmãs, 

Acabo de celebrar com o grupo que comigo faz retiro uma vigília de oração com eucaristia. Os textos lidos foram a 2a carta de Paulo aos coríntios - 2 Cor 12, 7- 10 e Marcos 6, 1- 6. Ambos os textos revelam que Deus se revela na fraqueza e se manifesta quando assumimos nossas fragilidades. Paulo diz que pedia a Deus que afastasse dele um sofrimento que ele chama de espinho na carne. E a resposta de Deus foi: "basta-te a minha graça, porque a força se manifesta na fraqueza". E Jesus não tem êxito em sua missão em Nazaré porque seus conterrâneos diziam: "Quem é esse do qual conhecemos tudo, a família e sabemos que é carpinteiro? De onde vem essa sabedoria?". Durante muito tempo, fui educado a tentar descobrir a palavra divina na força e no poder. Hoje, sei que devo encontrá-la na fraqueza e nas fragilidades minhas e de meus irmãos. No texto correspondente a esse, Lucas conta que a rejeição que Jesus sofreu em Nazaré foi pelo fato de ter reinterpretado o texto do profeta Isaías em uma perspectiva nova e libertadora: "O Espírito do Senhor veio sobre mim e me ungiu para anunciar aos pobres a boa notícia da libertação" (Lc 4, 16 ss). Marcos diz que não importa o que Jesus tenha ou não falado. A rejeição era estrutural à pessoa dele. Pelo fato dele ser dali e ser alguém igual a todo mundo. Que Deus nos ilumine para conseguirmos sempre ver profecia e ouvir a palavra divina mesmo das pessoas com as quais convivemos com seus defeitos e suas limitações. 

Marcelo Barros

Camaragibe, Pernambuco, Brazil

Sou monge beneditino, chamado a trabalhar pela unidade das Igrejas e das tradições religiosas. Adoro os movimentos populares e especialmente o MST. Gosto de escrever e de me comunicar.

Informações

contato@marcelobarros.com