Blog Aqui vamos conversar, refletir e de certa forma conviver.

Somos porta-vozes do Espírito Divino

No evangelho que muitas comunidades cristãs leem nesse domingo, (João 1, 29- 34), João Batista dá testemunho sobre Jesus. Primeiramente, fica claro que João revela em Jesus o Cordeiro de Deus, ou seja, alguém comprometido com a libertação dos oprimidos, seja se ele tem em vista o cordeiro pascal (Jesus seria o cordeiro da nova Páscoa libertadora), seja se ele usa o termo Cordeiro como Servo (o termo é igual em hebraico). De todo modo, como profeta, João faz Jesus descobrir sua missão libertadora. 

Testemunha que sobre ele desceu o Espírito de Deus como uma energia de nova esperança. Assim como depois do dilúvio, uma pomba anunciou que a vida recomeçava e tudo renascia, assim o Espírito enviado (como uma pomba) anuncia para nós esse mundo novo, transformado, mesmo se o que vemos aí ainda é um mundo de opressão.

Esse Espírito que Jesus recebeu no Jordão e reparte conosco faz de todos nós profetas como ele e profetas da esperança e da libertação.  

Marcelo Barros

Camaragibe, Pernambuco, Brazil

Sou monge beneditino, chamado a trabalhar pela unidade das Igrejas e das tradições religiosas. Adoro os movimentos populares e especialmente o MST. Gosto de escrever e de me comunicar.

Informações

contato@marcelobarros.com