Blog Aqui vamos conversar, refletir e de certa forma conviver.

É tarde, mas é nossa hora.

É tarde, mas é nossa hora

               Atualmente, a Agenda Latino-americana Mundial se tornou um dos livros mais espalhados e divulgados em várias línguas e em muitos países do mundo. Desde 1992, cada ano, o livro da Agenda nos oferece muitas riquezas próprias e originais. A cada ano, a agenda traz um calendário que nos põe em sintonia com tudo o que de mais importante acontece na caminhada dos povos do continente. Oferece textos de autores internacionais, comprometidos com esta agenda de transformação do mundo. Na metodologia do “ver, julgar e agir”, a Agenda desenvolve um assunto unificador que se constitui como tema do ano. 

Para o ano 2021, o tema escolhido é Retorno ou não retorno. É tarde, mas é nossa hora. Desde os primeiros anos, a Agenda Latino-americana tem sempre provocado uma reflexão nova e profunda sobre a sustentabilidade do planeta. Em 2010, portanto há dez anos, o título escolhido para a Agenda Latino-americana foi “Salvemo-nos com o Planeta”. Na mensagem de introdução da Agenda,  o nosso profeta Pedro Casaldáliga advertia: “Nós todos e todas somos também o Planeta. Somos Gaia. Estamos despertando para uma visão mais holística, mais integral...”

Desde então, a crise ecológica só foi agravada e agora chegamos ao que os cientistas chamam de “ponto do não retorno”, a situação trágica em que os recursos de reequilíbrio da vida é perdido e a terra não consegue mais se recuperar dos danos sofridos.  

No Brasil, já em dezembro de 2019, portanto há um ano, a imprensa internacional publicava: “Os cientistas Carlos Nobre e Thomas Lovejoy relatam evidências tanto na atmosfera, quanto no solo de que a Amazônia chegou ao seu ponto de não retorno. O aumento do desmatamento, combinado com as mudanças climáticas, podem resultar na rápida conversão da floresta em savana – liberando, com ela, grandes quantidades de carbono. A base desta descoberta foi uma análise de satélite da Nasa que revela uma Amazônia cada vez mais seca nos últimos anos – que os cientistas da agência espacial americana dizem ser uma das “primeiras indicações de mecanismos positivos de feedback climático. Um estudo de 2018 descobriu que as espécies de árvores amazônicas adaptadas a climas úmidos estavam morrendo em taxas recorde, ao passo que as árvores adaptadas ao clima seco prosperavam” (Shana Hanbury in www.brasil/mongabay.com/2019/12/o-ponto-de-inflexao-chegou-e-agora-alertam-especialistas/)

A Agenda Latino-americana Mundial 2021 nos convida a fazer de cada dia deste novo ano um tempo de graça e salvação (kayrós), no qual viveremos a alegria de sermos salvos juntos com o planeta e com todos os seres vivos. Por conta deste momento especial que vivemos, excepcionalmente, neste ano, no Brasil, não teremos edições impressas da Agenda. Nesta sexta-feira 18, pelo you tube, às 19 horas, teremos uma videoconferência que será o lançamento nacional da Agenda Latino-americana Mundial 2021. 

Ela nos confirmará que é “nossa hora”. Precisamos agir juntos e quanto antes para formar, como propõe o papa Francisco na encíclica sobre o cuidado com a casa comum, uma aliança da humanidade a serviço da vida. 

Quem vive o caminho da fé reconhece que, conosco, está sempre Alguém que se manifesta no amor que faz todas as criaturas existirem. Neste Natal, esse Amor se encarna nos movimentos sociais e organizações que defendem a vida e a sustentabilidade do planeta. A Agenda Latino-americana 2021 nos inspira a fazer do cuidado com a Terra, com a Água e todos os seres vivos, uma forma de oração e comunhão com o mistério divino, presente e atuante no universo. 

 

Marcelo Barros

Camaragibe, Pernambuco, Brazil

Sou monge beneditino, chamado a trabalhar pela unidade das Igrejas e das tradições religiosas. Adoro os movimentos populares e especialmente o MST. Gosto de escrever e de me comunicar.

Informações

contato@marcelobarros.com