Blog Aqui vamos conversar, refletir e de certa forma conviver.

Meditação Bíblica

"Deus deve ter bom senso de humor. O problema é que, cada vez mais, no mundo, ele encontra menos razão para achar graça em alguma coisa". Essa afirmação de Woody Allen está em um número especial que, há alguns anos, a revista francesa Le Monde des Réligions publicou sobre o humor nas religiões. Além dos dervixes dançarinos da espiritualidade sufi, dos rabinos que, propositadamente, se embriagam na festa da Sinchat Torá, a alegria da lei e ainda em algumas manifestações de religiões populares, quase não se vê humor nas expressões religiosas tradicionais. Principalmente as formas mais oficiais das religiões abraâmicas parecem muito dominadas pela sisudez e pelo rigor. Ler mais
​Quando lemos o texto que o lecionário nos propõe nesse 23º domingo comum C (Lucas 14, 25 – 33), a primeira coisa que chama a atenção é como, nessa passagem, a comunidade de Lucas recolhe palavras soltas que Jesus deve ter dito em circunstâncias diversas e junta essas palavras no contexto da ceia da qual Jesus participa na casa de um fariseu amigo. Ler mais
Na sociedade atual, sempre mais competitiva e até agressiva, é considerado normal que a pessoa se imponha e faça tudo para se sair sempre melhor do que as outras. Já na escola, as crianças se distinguem pelas notas. Mais tarde, virão concursos e a corrida pelo sucesso, seja nas relações, seja nos negócios. Ler mais
Neste domingo, no Brasil, a Igreja Católica celebra a Assunção de Maria, mãe de Jesus. As Igrejas orientais falam da "dormição", ou seja, a passagem de Maria, pela qual ela foi associada à Páscoa do seu filho Jesus. Ler mais
Talvez não seja possível estabelecer corretamente o tempo ou o dia, a partir do qual, no Brasil, vivemos uma cultura exacerbada de animosidade, ódio insuflado a cada dia, como se fosse veneno nas veias. A violência que, em nossa sociedade, já era estrutural se torna endêmica, quase naturalizada. Ler mais
Se fôssemos filmar essas cenas do evangelho deste domingo, veríamos mais claro que todas elas se passam à noite. Essas sentenças de Jesus lembram a Vigília Pascal, a noite na qual, cada ano revivemos de modo mais forte nossa esperança de ressuscitar com Jesus. De fato, no sábado santo à noite, ou no domingo, pela madrugada, as comunidades cristãs de tradição antiga esperavam e reviviam a aurora da ressurreição, seja através do batismo de adultos, celebrado naquela noite, como pela renovação dos compromissos batismais da comunidade. Ler mais
XVIII Domingo comum C: Lc 12, 13- 21. Em nossos dias, a realidade política agrava a polaridade entre os grupos cristãos que se inserem no projeto de uma humanidade solidária e outros que vivem a fé como se a espiritualidade não tivesse nada a ver com a justiça eco-social e a Paz. Além disso, no Brasil, aquele que ocupa o posto de presidente instrumentaliza a religião para o seu projeto de poder. Ler mais
Os rabinos antigos diziam que é perigoso a gente querer "explicar" uma oração. A relação amorosa se expressa de forma afetuosa. A oração não pode ser reduzida a um conjunto de fórmulas conceituais. Trata-se de um estado do ser, de um modo de relacionar-se com amor e abertura interior. Santa Tereza dizia: "Orar não é falar, não é pensar. É amar". Em muitas religiões a oração está ligada ao respirar, à quietude, o se colocar diante de Deus com humildade. Nas espiritualidades dos povos originários e comunidades negras, a oração está ligada ao corpo, à dança, ao sentir nas veias e nos ossos a presença e a ação do Espírito. Ler mais
Este foi o título que o papa Francisco deu ao segundo capítulo da encíclica Fratelli Tutti, no qual ele comenta o evangelho proposto para este domingo. É a parábola do samaritano que socorre o homem ferido na estrada de descida entre Jerusalém e Jericó (Lucas 10, 25- 37). Essa página do evangelho é das mais queridas pelas Igrejas da caminhada na América Latina. Ler mais
Neste domingo, no Brasil, a Igreja Católica vive a festa dos apóstolos Pedro e Paulo. O evangelho (Mt 16, 13- 19) é escolhido por causa da palavra de Jesus que teria dado a Pedro uma função especial na comunidade dos apóstolos: Tu és Pedro. A Igreja Católica construiu toda uma teologia sobre o ministério de Pedro e de seus sucessores que uma tradição muito antiga situa em Roma. Hoje, a maioria das igrejas históricas parecem dispostas a aceitar a necessidade de um ministério de coordenação e de unidade que pode ser realizado pelo bispo católico de Roma, o papa. Ler mais
Nesse primeiro domingo de julho, no Brasil, acontecem várias romarias e peregrinações tradicionais como a de Trindade em Goiás e a do Bom Jesus da Lapa, nas margens do agonizante São Francisco, no sertão da Bahia. Também, a cada ano, em julho, um grupo ecumênico de peregrinos e peregrinas do Nordeste caminha a pé para algum local que guarde a memória das lutas e do martírio do povo, como Canudos na Bahia ou a Serra da Barriga em Alagoas onde, no século XVII, se estabeleceu o quilombo dos Palmares. Nesse ano, a peregrinação é pelas estradas e caminhos de Alagoas. Ler mais
Neste XIII Domingo comum do ano C, o evangelho proposto pelo lecionário é Lucas 9, 51 a 62. Até parece que quem escolheu essa leitura sabia que esse evangelho seria meditado neste momento em que quase chegamos ao mês de julho que, no Brasil, é marcado por várias romarias, peregrinações e caminhadas comunitárias. Ler mais
Neste 12º domingo comum do ano (C), o evangelho proposto pelo lecionário ecumênico (Lucas 9, 18- 24) conta a cena, já muito conhecida na qual Jesus se retira do meio da multidão e, em lugar mais retirado, com os discípulos e discípulas, provoca uma espécie de revisão: Quem as pessoas dizem que eu sou? E vocês, o que dizem de mim? Ler mais
Hoje, é a festa do Corpo e Sangue de Cristo. E penso no fato de que nestes dias, estamos todos e todas em suspenso, exigindo e esperando respostas sobre o desaparecimento dos dois companheiros na Amazônia (Bruno e Don), sobre o assassinato de indígenas que continuam em escalada e lidando com as pessoas que se acotovelam em ônibus e no comércio e, ao mesmo tempo, as notícias avisando de que há novo surto de Covid e várias pessoas próximas testando positivo. Ler mais
Nos anos C, o lecionário para a festa da Santíssima Trindade retoma alguns versos do discurso que, segundo o quarto evangelho, Jesus fez durante a ceia. Esses versos (Jo 16, 12- 16) contém a quinta promessa que, nesse discurso, Jesus fez aos discípulos e discípulas de lhes mandar o Espírito Santo. Ele diz: "Tenho ainda muitas coisas a vos dizer, mas não sois capazes de as compreender agora. Quando vier o Espírito da Verdade, ele vos conduzirá à plena verdade. Ele dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas futuras" (Jo 16, 12- 13). Ler mais
Hoje, a liturgia das Igrejas celebra a festa de Pentecostes, ou seja, o quinquagésimo dia da Páscoa. É como a conclusão da festa e ao mesmo tempo o seu fruto mais profundo: a manifestação do Espírito Santo, a ventania do Amor Divino sobre todo o universo. Ler mais
Neste 6º Domingo da Páscoa, o evangelho proposto pelo lecionário ecumênico é João 14, 23- 29. Até 1968, era o evangelho lido na festa de Pentecostes. Agora, neste domingo, ele já nos convida a entrarmos no clima de Pentecostes que, para nós conclui as festas pascais. Ler mais
Neste 5º Domingo da Páscoa no ano C, o evangelho proposto pelo lecionário ecumênico é João 13, 31 a 35. São palavras que Jesus teria dito na última ceia, depois de ter lavado os pés dos discípulos e logo após ter anunciado que sairia dali para ser preso e assassinado pelos poderosos da Política e da Religião. Conforme o evangelho, Jesus proferiu estas palavras, assim que Judas saiu para combinar com os religiosos do templo como lhes entregaria o Mestre. Ler mais

Marcelo Barros

Camaragibe, Pernambuco, Brazil

Sou monge beneditino, chamado a trabalhar pela unidade das Igrejas e das tradições religiosas. Adoro os movimentos populares e especialmente o MST. Gosto de escrever e de me comunicar.

Informações